PING PONG Interview – com Samantha Holtz

Voltei com mais uma entrevista quentinha para vocês. A linda e querida autora da vez é a Samantha Holtz que escreveu ‘O Pássaro‘ e ‘Quero ser Beth Levitt‘, ambos lançados pela Editora Novo Século.

sa2

SLB – Primeiramente, quero agradecer por ceder essa entrevista para o Blog. Seja bem-vinda.

Samantha – Sou eu que agradeço, querida Anna! Obrigada pelo convite 🙂

SLB – Quem é a Samanta Holtz em três palavras?

Samantha – Otimista, esforçada e feliz!

SLB – Qual é o livro que marcou a sua infância?

Samantha – Foram 2 livros, e eles marcaram o final da minha infância: os romances “Ensaio de um beijo” e “Meu primeiro namorado”, ambos da coleção “Meu Primeiro Amor”. Lembro-me de tê-los comprado na Feira do Livro da minha escola e foram eles que marcaram o início da minha paixão por romances, além de despertarem muitos sonhos em meu coração! Eram duas lindas histórias de amor que me encheram de suspiros (risos).

SLB – Você pensou em seguir outra profissão que não escritora?

Samantha – Ser escritora sempre esteve no topo da lista, mas uma alternativa era trabalhar com publicidade (que é minha formação), em redação publicitária. Claro que não é a mesma coisa, mas, ainda assim, estaria trabalhando minha criatividade! Outra opção que considerei seriamente foi jornalismo, pelo mesmo motivo (escrever). Mas, na época de vestibular e de decidir o que eu queria seguir, um curso que me interessava muito era “Musicoterapia”. Amo música e tinha muita vontade de trabalhar com pessoas, ajudando-as a superar traumas, medos, problemas. Ainda bem que, hoje em dia, noto que consigo fazer isso através dos meus livros, pois muitos leitores me escrevem contando como meus livros lhes fizeram bem (mesmo não sendo autoajuda!!). Atualmente, além de escrever, trabalho meio-período na empresa da família com Controle de Qualidade.

SLB – Qual a importância da família na sua carreira?

Samantha – Imensa!! Eles sempre acreditaram em mim, torceram, deram opiniões sinceras sobre meus textos e jamais me deixaram desistir, mesmo nos tempos mais difíceis, em que o “sim” parecia impossível. Se eu superei as dificuldades e estou aonde estou, grande parte disso se deve a eles e à força que me deram. E eles continuam comigo, dando-me preciosos conselhos, opiniões e incentivos. Minha família é o centro do meu coração, meu ponto de equilíbrio e meu porto seguro, e não poderiam ter menor importância nesse grande sonho!

sa4

SLB – Você possui dois livros publicados. O último, “Quero ser Beth Levitt”, foi publicado em 2013. Qual foi sua inspiração para escrevê-lo?

Samantha – Essa é sempre a pergunta mais difícil, pois existe uma única resposta: “eu não sei”! (risos) As ideias aparecem, para mim, como peças de quebra-cabeça que, pouco a pouco, vou juntando em uma história. “Quero ser Beth Levitt” foi a reunião de inspirações que tive, reuni e coloquei no papel. Acredito que a primeira inspiração, que me impulsionou a escrever a história, foi de um dos ápices românticos, mas que não posso contar aqui senão seria spoiler (risos). Quem já leu vai entender: digamos que é quando Amelie ensaia uma cena bastante peculiar e romântica do filme junto ao seu astro favorito!

SLB – Quais autores ou autoras são suas referências atualmente?

Samantha – Gosto muito do Paulo Coelho por sua trajetória de superação, tanto dos números baixos no início da carreira quanto da crítica cruel que o bombardeou, quando começou a despontar; admiro imensamente JK Rowling pela história de vida e superação; e admiro muito os autores Dan Brown, pela inteligência e sagacidade dos seus textos, e Sophie Kinsella, pela forma natural e fluida como consegue conduzir uma história, dando desfechos tão criativos quando parece ser impossível fugir do clichê (ela consegue!). Quem mostra ter essa característica é nossa Carina Rissi, de quem já li um livro e senti o mesmo que as histórias da Sophie me proporcionam! Fantástico. Amo também a forma como Mauricio Gomyde e Ricardo Valverde escrevem, eles são gênios do romance! Adoro e admiro a sensibilidade da Lu Piras e da Adriana Brazil; a garra da Mallerey Cálgara e da Vanessa de Cássia; a generosidade e humildade da Tammy Luciano, que também tem um espírito incansável de guerreira… eu poderia ir longe aqui, pois são muitas as minhas referências, cada uma por um motivo especial!

sa1

SLB – Caroline, de “O Pássaro”, e Amelie, de “Quero ser Beth Levitt”, possuem sonhos mais que especiais. Qual é o seu sonho?

Samantha – Meu sonho é ver meus livros alcançando as estantes e corações de leitores em todas as partes do mundo. Ser reconhecida por meu trabalho de escritora e conseguir viver (financeiramente) apenas disso, para poder me dedicar exclusivamente ao que tanto amo!

SLB – Na sua opinião, a internet está ajudando na disseminação dos novos escritores brasileiros?

Samantha – Muito! Eu me pergunto, muitas vezes, como os autores de antigamente faziam sem a Internet. Como se informavam, como faziam contato com editoras e leitores, como propagavam seus eventos e novidades, pois a Internet está presente em tudo, hoje. Na hora de fazer pesquisas para uma nova história (eu mesma consegui “caminhar” pelas ruas de onde Amelie morava, pelo Google Maps); na hora de pesquisar e contatar editoras ou se informar sobre envio de material; na hora de divulgar livros e eventos; enfim, são muitas as ferramentas que a Internet possibilita, e isso facilita, sim, a entrada e o crescimento de novos autores no mercado literário! Alguns já fazem sucesso antes mesmo de publicar, através dos seus blogs e das histórias que publicam em ferramentas como o Wattpad.

SLB – Você já está planejando um novo livro? Conta um pouco para a gente.

Samantha – Sim, já estou! Tenho vários trabalhos: dois concluídos para revisão, um em andamento e outros dois já “engatilhados” para eu começar a escrever. Não sei ainda qual será a próxima publicação, pois essa decisão também depende da editora, mas garanto que, em breve, terão um novo romance meu nas livrarias.

sa3

SLB – Para finalizar, gostaria de deixar um recadinho para os leitores do Sweet Little Books?

Samantha – Aproveitando esse clima de ano novo, quero desejar a todos que 2014 lhes reserve muitas felicidades, conquistas, momentos inesquecíveis e aprendizados importantes. Lembrem-se que temos pela frente 365 dias dos quais podemos fazer o que quisermos! Alcançar nossos sonhos pode depender de mil variáveis, mas a principal delas sempre será nossa garra, nosso empenho, nosso esforço! Então, LUTE por seus sonhos, busque, aprenda, observe, melhore… e esteja aberto às surpresas da vida, que às vezes nos levam por caminhos diferentes, mas, ainda assim, fantásticos. É como diz William George Ward: “O pessimista se queixa do vento, o otimista espera que ele mude e o realista ajusta as velas”. Então, em vez de reclamar, vamos ter fé e ajustar nossas velas de acordo com o que a vida nos trouxer!

Rapidinhas

* Um filme: “Amor além da vida”

* Uma música: “Tribute” – Yanni

* Uma pessoa: Jesus Cristo

* Um amor: Minha família e meu amor eterno

* Um defeito: Impulsividade

* Uma qualidade: Dedicação

* Um lugar: O abraço do meu amado!

* Uma frase: “Todas as coisas grandiosas que já aconteceram na humanidade, desde o princípio, começaram com um pensamento na mente de alguém. E se qualquer um de nós e capaz de tão grandioso pensamento, então todos nós temos a mesma capacidade, porque somos todos iguais” – Yanni

_________s2__________

Eu adorei fazer essa entrevista com ela.. Um amor de pessoa s2

Para acompanhar a Samantha nas redes socias, basta entrar nos links abaixo:

Site da autora   –    Facebook da autora   –    Fanpage de Quero Ser Beth Levitt   –    Skoob de Quero Ser Beth Levitt

PARA COMPRAR

Quero Ser Beth Levitt – clique aqui

_________s2__________

XOXO

Para acompanhar o Sweet Little Books nas redes sociais, clique nos links abaixo

Facebook * Twitter * Instagram * Skoob

Anúncios

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Samanta Holtz
    jan 18, 2014 @ 18:54:01

    Olá, querida!

    Adoreeeei responder a entrevista para seu blog e amei a forma como você montou o post, cheio de fotos e tão bem arrumadinho! ❤

    Obrigada também pelas palavras a meu respeito ^^ Que bom que gostou de me entrevistar, flor!

    Ahhhh se quiser arrumar, lá no topo do post, o nome do livro é "O Pássaro" (no singular rs..)… 😉 Só para ninguém procurar e acabar não encontrando, né? kkkkk

    Beijos e, mais uma vez, muito obrigada!

    Beijos carinhosos,
    Samanta

    Responder

    • Carol Costa
      jan 18, 2014 @ 19:30:07

      Ah Samanta, fico muito feliz que você tenha gostado! Adorei te conhecer ❤
      E eu querendo aumentar o número dos pássaros já .. Rs Mil desculpas Samanta, já corrigi!
      Muito obrigada por tudo!
      Beijos e até breve.

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: